top of page

Museu da Cozinha Mineira é apresentado no Conselho Municipal de Turismo de Santa Luzia

Por Tatiana Rocha


A convite do Conselho Municipal de Turismo de Santa Luzia (COMTUR), a diretora-presidente do Instituto Periférico, Gabriela Santoro, apresentou o projeto do Museu da Cozinha Mineira, em fase de planejamento, na reunião do órgão realizada nesta quinta-feira, 16/02.



O instituto foi escolhido como parceiro executivo da Prefeitura de Santa Luzia, por meio de chamamento público, para o desenvolvimento de projeto curatorial e expográfico da exposição inaugural do Museu da Cozinha Mineira. O encontro contou com a presença do novo secretário municipal de Cultura e Turismo, Cassiano Boldori.


De acordo com Gabriela Santoro, a Fazenda Boa Esperança, que sediará o museu, está em processo de restauro. Ao mesmo tempo, estão sendo elaborados o plano museológico, documento orientador com diretrizes estratégicas que regulamentarão a montagem e o funcionamento do museu, e o plano curatorial, que definirá o eixo temático e de conteúdo da exposição, pesquisa e organização de acervo.


A implementação do Museu da Cozinha Mineira está alinhada às estratégias de salvaguarda da cozinha mineira e vai contribuir para a disseminação de conhecimentos sobre esse bem, abrindo espaço para o estabelecimento de políticas públicas, práticas, projetos e programas associados aos seus saberes e fazeres.


“O museu pretende abrigar informações, imagens e objetos e ser, também, um espaço de discussão e reflexão acerca da salvaguarda de nossos saberes. Realizá-lo em Santa Luzia significa reconhecer a importância histórica do município, que foi um ponto amplo de distribuição de alimentos desde o período colonial, e hoje preserva importante conjunto patrimonial material e imaterial”, ressalta Gabriela.

Santa Luzia tem uma localização privilegiada junto aos aeroportos de Confins e Pampulha, em uma distância curta da capital de Minas Gerais, e conta com a Fazenda Boa Esperança, que, assim como a cidade, possui valor patrimonial para a região. A expectativa é que o município resgate o valor e promova o desenvolvimento do turismo regional, tornando o Museu da Cozinha Mineira referência no país e até internacionalmente.

36 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page