top of page

Periférico promove evento gratuito com foco na salvaguarda e na promoção da cozinha mineira



Em 24 e 25 de outubro, o Instituto Periférico vai receber no auditório da UNA - Campus Aimorés, em Belo Horizonte, pessoas interessadas em ampliar os conhecimentos sobre a cozinha mineira, suas origens e seu papel na formação identitária das mineiras e dos mineiros. O evento, “Café com prosa: promoção e salvaguarda da cozinha mineira”, reunirá cozinheiras, cozinheiros, quitandeiras, chefs, doceiras e doceiros, entidades, gestores municipais, pesquisadores e demais detentores de saberes de todo o estado ligados à cultura alimentar em Minas Gerais. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas gratuitamente aqui.


No primeiro dia do seminário, será apresentado o dossiê elaborado pelo Instituto Periférico, em cooperação com o Iepha, e também o plano de salvaguarda que integra o documento. Será um momento para análise, contribuições, ajustes e construção coletiva para as próximas ações que visam salvaguardar e proteger os saberes, as técnicas, as tradições e os demais elementos que constituem a cozinha mineira e seus sistemas culinários como patrimônio cultural imaterial do estado. Também compõem a programação sete painéis sobre turismo de experiência, ações de empreendedorismo relacionadas à cozinha mineira e um relato sobre a culinária afro-brasileira.


No segundo dia, 25/10, as atividades terão como pauta o apoio e o fomento à cadeia da cozinha mineira, a importância dos festivais para preservação e promoção do setor e as possibilidades do turismo de base comunitária. Também haverá um momento para orientação e elucidação de dúvidas sobre como um bem cultural pode ser registrado como patrimônio, tanto no âmbito municipal quanto estadual.


O evento também receberá para uma aula-show com a chef e professora Rosilene Campolina, pautando a "Cozinha mineira - da tradição à inovação". Além de acompanharem o preparo de diversos pratos, os participantes terão a oportunidade de degustar o que a professora e seus alunos irão elaborar inspirados no milho e na mandioca.


Outras ações serão realizadas como parte da programação, como uma degustação guiada de azeites mineiros e uma confraternização entre os participantes.


De acordo com a diretora-presidente do Instituto Periférico, Gabriela Santoro, esse é mais um momento de diálogo sobre a cozinha mineira e os caminhos para preservá-la a partir do seu registro como patrimônio, com foco em políticas públicas para promoção e salvaguarda dos sistemas culinários já registrados. “Será um momento importante para reunir os detentores de saberes e aqueles que estão à frente da cozinha mineira para um troca de experiências sobre os próximos passos a serem dados, as novas pesquisas, e outras iniciativas relacionadas ao tema. Conhecer todo o processo de produção do dossiê é fundamental para entender a complexidade dos sistemas culinários e como eles representam a identidade de Minas Gerais”.


Para a coordenadora do projeto Cozinha Mineira Patrimônio, Luciana Praxedes, “o evento será uma oportunidade única para debate sobre perspectivas essenciais quando se fala da cozinha mineira, como o papel dos povos originários e a presença africana na constituição de diversos sistemas culinários presentes em Minas Gerais. Também teremos, no seminário, um momento para elaboração coletiva de um documento sobre as ações propostas para o plano de salvaguarda, incluindo a sugestão de outras iniciativas e a indicação de prioridades. As perspectivas para o turismo, as possibilidades para fomento e caminhos para desenvolvimento de novos negócios a partir da cozinha mineira também farão parte da programação”.


O evento possui o apoio da Frente da Gastronomia Mineira, da Abrasel, da Emater, do Sebrae e da UNA, além de cooperação técnica com o Iepha-MG.



Dossiê para registro dos sistemas culinários da cozinha mineira: o milho e a mandioca


Dossiê para registro dos “Sistemas culinários da cozinha mineira: o milho e a mandioca”

Para que a cozinha mineira fosse registrada como patrimônio cultural do nosso estado, foi desenvolvido o dossiê técnico que tem como título “Sistemas culinários da cozinha mineira – o milho e a mandioca”.

Uma equipe de experientes pesquisadores se dedicou à escrita do dossiê, que aborda perspectivas históricas, antropológicas e ambientais da cultura alimentar e sua centralidade para a construção identitária de Minas Gerais e a importância da continuidade dos saberes tradicionais. Além da tratativa teórica, também compõe o dossiê um extenso levantamento de dados a partir do acervo do Iepha-MG em relação ao Programa ICMS Patrimônio Cultural. Assim, foi possível mapear o que os municípios mineiros têm inventariado e registrado sobre os sistemas culinários do milho e da mandioca.

O dossiê também traz recomendações para promoção e salvaguarda da cozinha presente no território mineiro. Ele foi elaborado pelo Instituto Periférico, sob a orientação técnica do Iepha.


Saiba mais na aba O Dossiê aqui neste site!



CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA DO CAFÉ COM PROSA


24/10 - TERÇA-FEIRA

8h30: Início do credenciamento

9h: Boas-vindas com apresentação do Instituto Periférico e do projeto Cozinha Mineira Patrimônio - Gabriela Santoro

9h15: Apresentação do curso de Gastronomia do Centro Universitário UNA - Rosilene Campolina


Painel 1 - Cozinha Mineira Patrimônio

9h30: Percurso da pesquisa e registro - Débora Raíza (Iepha-MG)

10h: Dossiê "Sistemas culinários da cozinha mineira - o milho e a mandioca" - Luciana Praxedes (Instituto Periférico)

Painel 2 - Salvaguarda dos "Sistemas culinários da cozinha mineira - o milho e a mandioca"

10h50: Apresentação do plano de salvaguarda - Nicole Batista (Iepha-MG)

11h30: Escuta, discussão e registro de sugestões para a salvaguarda

Painel 3 - Turismo de experiência

14h: Turismo rural e cozinha mineira - Thatiana Garcia (Emater)

14h25: Turismo criativo em cidades de pequeno porte e as possibilidades a partir da Cozinha Mineira Patrimônio - Marina Simião (Belotur)

14h50: Espírito X - cocriando experiências turísticas - Cássia Coppo

Relato de experiência

15h20 - 15h40: Gastronomia afro-brasileira: a influência Bantu na culinária mineira - Kelma Zenaide (Kitutu Gourmet)


Painel 4 - Empreendedorismo para a cozinha mineira - possibilidades e experiências

16h10: A produção artesanal de doces em São Bartolomeu - Luiz Fortes e Edu Tijolo (Associação dos Doceiros e Agricultores Familiares de São Bartolomeu)

16h40: Queijo & empreendedorismo: harmonização que valoriza a cozinha mineira - Osvaldo Martins (Queijo D’Alagoa)


Degustação Guiada

17h10: Vanessa Bianco - Azeites Gamarra (Baependi-MG)

(vagas limitadas, com inscrição presencial no dia do evento)


Encerramento

18h20

25/10 - QUARTA-FEIRA

Painel 5 - Apoio e fomento cultural

8h30: Fomento e captação de recursos no estado de Minas Gerais - Janaína Silva (Secult MG)

9h: Conexões culturais - Bruno Castilho (Gerdau)


Painel 6 - Festivais para preservação e promoção da cozinha mineira

9h30: Festival Igarapé Sabor - Maria Ubalda e Maria Aparecida Coelho (mestras da culinária de Igarapé) e chef Reinaldo Mendes (Circuito Veredas)

9h55: Festival Fartura e Festival Cultura e Gastronomia de Tiradentes - Guilherme Sânzio (Peixe Tolo)

10h20: Festivais culturais de Paracatu e sua interlocução com a cozinha mineira - Igor Diniz (Secretário Municipal de Cultura e Turismo)


Aula-show com degustação

11h: "Cozinha mineira - da tradição à inovação" Rosilene Campolina, na UNA - Campus Liberdade

(vagas limitadas, com inscrição presencial no dia do evento)


Cozinha-show

12h30: Almoço | Cozinha-show com o chef Reinaldo Mendes (Circuito Veredas)


Painel 7 - Turismo de base comunitária e cozinha mineira

14h: Promoção em territórios tradicionais e áreas protegidas do Norte de Minas - Leidson Nunes (RVC - Roteiros do Velho Chico)

14h30: O alimento e o modo de vida tradicional - Felipe Maciel (pesquisador e secretário municipal adjunto de Educação, Cultura e Esportes de Peçanha)


Capacitação e orientação técnica

15h: Processo de patrimonialização e salvaguarda de bens culturais - Alessandra Deoti (Iepha-MG)


Encerramento no auditório

15H30


215 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page