top of page

Documentário retrata uso das Plantas Alimentícias Não Convencionais na Cozinha Mineira

DOMATOAMESA


Na tarde de ontem, dia 29 de junho, no auditório do CRESAN Mercado da Lagoinha, em Belo Horizonte, a produtora Espinha de Bacalhau em parceria com o Instituto Periférico lançaram o documentário “Do Mato à Mesa”, curta-metragem que aborda a importância do uso das Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC) na cozinha mineira e seu uso em receitas tradicionais e contemporâneas produzidas em regiões de Minas Gerais.


Durante o lançamento, foi exibido o filme e houve também uma rica roda de conversa sobre o uso e resgate das Plantas Alimentícias Não Convencionais, na qual os presentes puderam fazer reflexões sobre a mesma e tirar dúvidas sobre seus usos. Ao final do encontro, foi oferecido um lanche com delícias mineiras produzidas com algumas PANC, como o biscoito de angu e beldroega e quiche de ora-pró-nóbis.


O documentário aborda o tema da diversidade de produtos que construíram a cultura gastronômica do Estado, tratando de uma tradição que vem sendo resgatada em Minas Gerais: o uso das PANC. E também traz depoimentos de personagens de gerações diversas e regiões distintas, vivenciadores da culinária mineira, mais especificamente do uso e pesquisa de plantas que fizeram parte das hortas tradicionais em regiões do Estado e que estão reemergindo no contexto contemporâneo. Elas englobam não somente hortaliças, mas também frutas, raízes, frutos, sementes e flores e têm ocorrência em diversas partes do Brasil e em especial no estado.


O documentário foi realizado com recursos do Fundo Estadual de Cultura, da Secult/MG e produzido pela empresa Espinha de Bacalhau Conteúdo Audiovisual, com argumento e direção de Bellini Andrade.


Segundo o diretor, as PANC, também conhecidas como plantas ancestrais, estão presentes historicamente na cultura da culinária mineira, que em breve se tornará patrimônio imaterial do estado. “O documentário visa contribuir para o registro e documentação dessa tradição, que exerce grande influência na alimentação e na cultura de populações tradicionais mineiras”.


Assista agora!


182 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page